Europa

Encante-se com Lanzarote: Onde Vulcões e Praias se Unem!

A Espanha com certeza é um país lindo, com uma rica cultura, tradições e, claro, lugares fantásticos para você visitar, seja sozinho ou com sua família. Para aproveitá-lo, basta escolher um destino paradisíaco, divertido e emocionante, como Lanzarote, um dos locais turísticos mais procurados da Espanha.

Lanzarote, uma das ilhas do arquipélago das Canárias, é um destino turístico popular na Espanha que encanta os visitantes com sua beleza natural única. Com suas paisagens vulcânicas impressionantes e seu clima ameno durante todo o ano, Lanzarote oferece uma infinidade de experiências cativantes.

Lanzarote

Mas por que eu devo escolher viajar para Lanzarote na primavera?

Sim, Lanzarote lhe dará a oportunidade de você antecipar o verão e viver as férias dos seus sonhos com tudo o que tem direito. Então, se você planeja ir para Lanzarote em breve, tenha em mente as seguintes considerações:

  1. As melhores temperaturas na primavera

O primeiro motivo para você conhecer ou visitar Lanzarote nesta primavera é a temperatura. Sem dúvida, estes meses são perfeitos para desfrutar da ilha, com um clima adequado para manter o ânimo e as energias.

Durante a primavera, a temperatura em Lanzarote oscila entre os 24 e os 28 graus Celsius, dependendo do mês que você viaja. No entanto, esta gama é ideal para ir à praia, tomar banho de sol ou passear, sem o excesso de calor que às vezes chega a ser insuportável.

2. Menos pessoas, você verá a ilha em todo seu esplendor

Ainda no primeiro tópico, é importante dizer que durante a primavera há menos pessoas na ilha, menos turistas. Isso porque as férias em geral são tiradas no verão, sendo a época em que as famílias podem sair juntas, assim como os grupos de amigos.

Mas se tiver oportunidade de antecipar as suas férias e viajar na primavera, vai descobrir uma ilha mais tranquila à sua disposição para realizar os planos de passeio que tiver planejado.

LEIA TAMBÉM:   Preikestolen: O púlpito sobre o fiorde
Lanzarote Espanha

3. A primavera também vem com os menores custos de viagem

Por outro lado, ao mesmo tempo que há menos pessoas e as temperaturas são mais amenas, na primavera poderá dispor de custos mais baixos quando o assunto é hospedagem e atrações turísticas.

O verão é a alta temporada, por isso é muito mais caro e as chances de ter acesso a tudo que você deseja ficam bem mais reduzidas devido a grande quantidade de turistas.

Se você quer economizar uma grana e disfrutar de uma aventura inesquecível, vá a Lanzarote na primavera!

4. Fique em hotéis com ambientes inesquecíveis

Levando em conta todas as considerações anteriores, vale a pena realçar que nesta altura do ano pode desfrutar de alojamentos confortáveis, com bom tempo, pouca gente e bons preço, como é o caso do ILUNION Costa Sal Lanzarote.

Você terá à sua disposição 162 quartos adaptados as suas necessidades, além de estar a poucos metros da Praia de Matagorda.

No hotel poderá desfrutar dos belos jardins que rodeiam os quartos e das suas atraentes e relaxantes piscinas.

5. Aproveite os descontos especiais

E para concluir esta aventura, você também poderá usufruir de descontos especiais e ofertas extras, como as que são oferecidas pelo Hotel ILUNION Costa Sal.

Lá os sócios do Club Único poderão tirar umas férias estendidas, sem ter que ser preocupar o custo final desse lazer extra.

Lanzarote Spain

Agora se você ainda não está convencido (a), temos mais alguns fatos curiosos que com certeza irão lhe fazer mudar de ideia

Arte de César Manrique: Lanzarote é famosa pela influência do artista local César Manrique. Ele foi fundamental na preservação da beleza natural da ilha, combinando arte e arquitetura em harmonia com o ambiente vulcânico.

LEIA TAMBÉM:   Os parques mais interessantes de Londres para você relaxar

Os visitantes podem explorar a Fundação César Manrique, que é construída dentro de uma formação vulcânica e exibe suas obras de arte únicas.

Paisagem lunar: A paisagem de Lanzarote é muitas vezes comparada à lua devido à sua aparência vulcânica. A região de Timanfaya, também conhecida como Parque Nacional de Timanfaya, é uma área protegida onde é possível ver de perto as formações vulcânicas, incluindo montanhas de lava e crateras.

Vinhos únicos: Apesar de ser uma ilha vulcânica e semiárida, Lanzarote produz vinhos de alta qualidade. Os viticultores locais utilizam uma técnica especial chamada “zocos” para cultivar videiras, que consiste em cavar buracos no solo vulcânico e proteger as plantas dos ventos fortes.

Esses vinhos únicos têm um sabor distintivo que reflete as características do terreno.

Ilha de Espanha

Cueva de los Verdes: A Cueva de los Verdes é uma caverna espetacular formada por fluxos de lava solidificados há milhares de anos. Os visitantes podem explorar esse complexo subterrâneo fascinante e admirar as incríveis formações rochosas.

Um destaque é a “Sala dos Segredos”, uma câmara acusticamente perfeita onde concertos e performances musicais são realizados.

Praias de areia vulcânica: As praias de Lanzarote são distintas por sua areia negra vulcânica. Essas praias, como Playa Quemada e Playa de Papagayo, são cercadas por falésias e oferecem um contraste impressionante com o azul cristalino do oceano.

Além disso, a areia vulcânica retém o calor, tornando-as agradáveis para caminhar mesmo nos meses mais frios.

Cactus Garden: O Jardim de Cactos, também projetado por César Manrique, é um lugar único onde mais de 1.400 espécies de cactos de diferentes partes do mundo são exibidas. Esse jardim espetacular está localizado em uma antiga pedreira de rochas vulcânicas e oferece uma visão fascinante da flora peculiar da ilha.

LEIA TAMBÉM:   Grátis: 5 museus incríveis em Londres

Los Hervideros: Localizado na costa oeste de Lanzarote, Los Hervideros é um trecho impressionante de falésias e cavernas formadas pela erosão das ondas. Quando as ondas batem nas rochas, criam um espetáculo de espuma e jatos de água que dão a sensação de água fervente, daí o nome “Los Hervideros”.

É um lugar fascinante para observar a força da natureza e tirar fotos deslumbrantes.

Jameos del Agua: Outra atração extraordinária projetada por César Manrique é Jameos del Agua. Trata-se de uma série de cavernas únicas que foram transformadas em um complexo turístico com restaurantes, um auditório e um lago subterrâneo habitado por um tipo raro de caranguejo albino.

Além disso, Jameos del Agua abriga um centro de arte e cultura, onde exposições e eventos são realizados regularmente.

Festival dos Camelos: Todos os anos, no último fim de semana de janeiro, Lanzarote celebra o Festival dos Camelos, uma festa tradicional que homenageia esses animais que têm sido historicamente importantes para a ilha.

O festival apresenta desfiles de camelos ricamente adornados, corridas de camelos e competições tradicionais, além de música, dança e comida típica das Canárias.

Reserva da Biosfera: Lanzarote foi declarada Reserva da Biosfera pela UNESCO em 1993, reconhecendo sua riqueza natural e ações de preservação. A ilha abriga uma variedade de espécies de plantas e animais, algumas das quais são endêmicas e encontradas apenas lá. Os esforços de conservação em Lanzarote garantem a proteção de seu ecossistema único.

Lanzarote é uma ilha que combina de forma impressionante a beleza vulcânica com o talento artístico de César Manrique. Com suas paisagens deslumbrantes, praias de areia negra, cavernas fascinantes e vinhas únicas, Lanzarote oferece aos visitantes uma experiência singular.

Ao explorar essa ilha espanhola, os viajantes têm a oportunidade de se maravilhar com a natureza, a cultura e a arte que a tornam um destino verdadeiramente cativante.

Share this post

About the author

Compartilho aqui as minhas aventuras e também muitos lugares que gostaria de visitar ao redor do mundo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *