Cultura

As 10 bibliotecas mais bonitas do mundo

“Sempre imaginei que o Paraíso fosse uma espécie de biblioteca”, assim o dizia Jorge Luis Borges – Escritor Argentino, e assim é para todos os amantes de livros que se prezem. Se você também é um, provavelmente não conseguirá parar de ler sobre as bibliotecas mais bonitas do mundo. 

Paraísos na terra para quem gosta da mera sensação de sentar para ler um bom livro e curtir o clima. É por isso que dizem que para ir longe não há navio melhor do que um livro. Isso se demonstra nos lugares mágicos por excelência: as bibliotecas.

As 10 bibliotecas mais bonitas do mundo

1. Biblioteca de Alexandria

Muito perto do local da antiga e conhecida Alexandria, está esta obra de arte que presta homenagem ao local original. Tem vista para o Mediterrâneo e espaço para até 8 milhões de livros. Seu espaço mais famoso é a sala de leitura com 70.000 metros quadrados em forma de cascata de 11 níveis.

bibliotecas mais bonitas do mundo

2. Biblioteca do Trinity College

É a maior e mais antiga biblioteca de pesquisa da Irlanda. Tem um exterior impressionante, mas o seu aspecto mais marcante é sem dúvida o fato de possuir a maior sala de biblioteca do mundo, chamada de “Big Room”, que contém mais de 200.000 livros. 

Foi desenhado por James Ussher e custou 27 milhões de euros. A bela Biblioteca do Trinity College foi inaugurada oficialmente pelo Presidente da Irlanda em abril de 2003.

A parte positiva é que não é uma livraria exclusiva para estudantes, já que também é aberta a turistas e moradores locais. No interior, destaca-se a “Sala Comprida”, que é composta por extensas estantes de madeira, bustos de mármore, escadinhas e uma antiga harpa que se tornou um símbolo nacional. 

Uma das principais ofertas de uma das bibliotecas estéticas como esta é o Livro de Kells. É um manuscrito cristão cuidadosamente detalhado, datado do século IX.

3. Biblioteca da Universidade de Salamanca

Oficialmente denominada Biblioteca Histórica Geral de Salamanca, é a biblioteca universitária mais antiga da Espanha. Foi criada por Alfonso X El Sabio, e ao longo de sua história esteve presente em várias faculdades da universidade, pois passou por várias reformas. Mesmo após o colapso em 1664, o centro ficou sem biblioteca por quase um século.

LEIA TAMBÉM:   A Cultura Grega em Destaque: Traços Marcantes, Tradições e Costumes

A Livraria Velha, que hoje conhecemos, foi construída no século XVIII, e é famosa pelas suas estantes de pinho e pelos seus móveis de época. É considerada uma das bibliotecas mais bonitas da Espanha.

bibliotecas mais bonitas do mundo

4. Real Gabinete Português de Leitura

Isso mesmo, localizado no Rio de Janeiro, Brasil, encontra-se um dos mais importantes exemplares arquitetônicos do estilo neomanuelino do mundo. É um tipo de estrutura construída em meados do século XIX e início do século XX, que guarda vestígios do estilo gótico-renascentista vigente na época dos descobrimentos durante o reinado de Manuel I de Portugal. 

Por outro lado, a extensa decoração do Real Gabinete Português de Leitura já se estabeleceu como um expoente ideal desta estética.

Apesar de sua grande beleza, não é uma das bibliotecas mais famosas do Brasil mas como assunto aqui é beleza, ela tem o seu lugar reservado. É um tesouro escondido no centro do Rio de Janeiro. De fato, muitos turistas que visitam a cidade procuram apenas os locais mais famosos e desconhecem sua presença, terminando seu passeio pelo Brasil sem conhecer essa maravilha arquitetônica. 

Com a sua fachada em pedra calcária e acompanhada pelas estátuas de Pedro Álvares Cabral, Luís de Camões, infante D. Henrique e Vasco da Gama. Todos eles foram exploradores portugueses que tiveram suas melhores aventuras entre os séculos XV e XVI.

Destaca-se não só por ser uma das mais belas bibliotecas do mundo pelo seu exterior, mas também pelo seu interior. Em julho de 2014, chegou a aparecer na revista Time na lista bibliotecas mais bonitas do mundo.

bibliotecas mais bonitas do mundo

5. Biblioteca Pública de Nova York

Este edifício é muito visitado por estudantes e pesquisadores da cidade, mas também é um destino turístico para milhares de viajantes que visitam a Big Apple todos os anos. A melhor época para descobrir a Biblioteca Pública de Nova York e seus arredores é no Natal. 

Com a atenção voltada para o Bryant Park, onde está instalado um rinque de patinação no gelo acompanhado de um mercado que atrai quem passa por ali. Além disso, durante o Natal, a biblioteca enfeita um enorme abeto* (Local que reúne diversas árvores coníferas de várias partes do mundo) que se torna o ponto ideal para fotografias.

LEIA TAMBÉM:   As 7 festas mais loucas do mundo

Não é apenas uma das bibliotecas mais bonitas do mundo, mas também uma das maiores dos Estados Unidos. Parte disso se deve aos leões que escoltam a entrada, aos afrescos na Rose Main Reading Room, aos grandes lustres e mesas de carvalho que chamam a atenção de quem visita o local.

6. Biblioteca George Peabody

Esta bela biblioteca pública, com seis amplos andares e acabamento em mármore, foi construída no final do século XIX como biblioteca de pesquisa. O local conta com 300.000 livros compõem a coleção principal, originalmente dedicada a interesses acadêmicos do século XIX. Foi restaurada há uma década e seu estilo faz com que mereça o título de “Catedral dos livros”.

bibliotecas mais bonitas do mundo

7. Biblioteca da Abadia de Admont

É a maior biblioteca monástica do mundo. Foi desenhado por Josep Hueber com um estilo grandioso que lembra o barroco. Um de seus aspectos mais marcantes é o belo teto pintado com afrescos de Bartolomeo Altomonte. 

Abriga cerca de 200.000 volumes, que mostram a importante evolução artística e histórica da literatura ao longo dos séculos.

Também é considerada uma das mais belas bibliotecas do mundo, localizada nos Alpes austríacos, a pouco menos de três horas de carro de Viena. Foi construída no ano de 1074, e hoje continua a ser um dos principais centros culturais e espirituais do mundo desde a Idade Média. 

É tão famosa que foi apelidada de Oitava Maravilha do Mundo, já que sua estrutura se destaca por suas grandes cúpulas adornadas com cores frescas, belas prateleiras em tons de branco e dourado, acompanhadas de portas secretas que aguardam para serem descobertas e o imponentes esculturas de Josef Stammel.

8. Biblioteca de Stuttgart

Considerado por muitos como inovador, outros criticam que sua modernidade não condiz com seu ambiente. De qualquer forma, é um dos edifícios mais interessantes da região. Foi projetado por Yi Eun-young, influenciado pelo antigo panteão de Roma.

Apesar de ser tão criticada, não há dúvidas de que é uma das melhores bibliotecas do mundo, onde seu design se destaca pelo minimalismo e tons claros. Da mão de Eun Young Yi, o edifício tem onze andares distribuídos em 20.000 metros quadrados de superfície em Stuttgart. 

LEIA TAMBÉM:   Cultura do Catar | Características, costumes e tradições

Uma de suas curiosidades é que os visitantes costumam associar esse imenso lugar a um cubo mágico gigante.

9. Biblioteca Nacional da França

Também conhecida como Biblioteca Nacional de Paris, é uma das bibliotecas mais valiosas da França e do mundo. Dentro estão mais de 13 milhões de livros e 350.000 volumes encadernados de manuscritos.

É também uma das melhores bibliotecas públicas do mundo, principalmente pela pesquisa que oferece. Nesse sentido, ao longo de sua história sempre foi reconhecida por abrigar e preservar acervos de livros nacionais e internacionais à disposição de quem precisar.

Uma das seções mais visitadas é o  Enfer (Inferno). Ali se conserva uma coleção de livros e manuscritos de estilo erótico ou pornográfico, únicos e especiais em sua categoria. Por esse motivo, é muito valorizada, o que significa que só podem ser vistos com a autorização prévia da biblioteca.

bibliotecas mais bonitas do mundo

10. Biblioteca Palafoxiana no México

Uma das bibliotecas mais bonitas do mundo está localizada em Puebla, no México, e também é uma das melhores do país. A biblioteca Palafoxiana nasceu graças ao bispo espanhol Juan de Palafox y Mendoza em 1646, sendo a primeira na esfera pública em toda a América. 

Aliás, uma das condições que o fundador definiu para a abertura do centro é que seja um ambiente aberto a todos. Ou seja, que não era exclusivo para eclesiásticos. O destaque de sua arquitetura é o trabalho dos marceneiros nas prateleiras, bem como no retábulo da Virgem de Trapani.

Aqui terminamos com o passeio pelas mais belas bibliotecas do mundo, que se destacam tanto pelo seu exterior como pelo seu interior. Ou seja, não só possuem uma enorme oferta de manuscritos e livros para o público, como também servem como um atrativo destino turístico para os visitantes do país onde se encontram. 

Se você já visitou alguma dessas famosas bibliotecas, deixe o seu comentário abaixo. Faltou alguma que você se impressionou? Escreva também nos comentários para fazermos um artigo sobre ela.

Está programando a sua próxima viagem? Então você precisa ler o artigo abaixo!

Share this post

About the author

Compartilho aqui as minhas aventuras e também muitos lugares que gostaria de visitar ao redor do mundo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *