África

Vem cá que eu te conto: os 10 lugares mais essenciais de Johanesburgo que você precisa visitar!

Johanesburgo é a cidade mais populosa da África do Sul e é conhecida por sua rica história, cultura vibrante e belas paisagens. Com uma mistura única de influências africanas, europeias e asiáticas, Johanesburgo oferece uma experiência verdadeiramente única para os visitantes.

Além disso, a cidade é um importante centro econômico e financeiro do continente africano, o que significa que há uma infinidade de oportunidades de trabalho e de negócios para aqueles que escolhem se estabelecer lá. Se você está procurando por uma cidade emocionante e cheia de oportunidades, Johanesburgo é o lugar certo para você.

O que você não pode perder em Johanesburgo

1. Museu do Apartheid

O Museu do Apartheid é um local histórico e cultural localizado em Johanesburgo, África do Sul. Foi criado em 1987 com o objetivo de preservar e popularizar a memória da luta contra o sistema de apartheid que operou no país de 1948 a 1994 e realizou a segregação racial da população.

O museu possui uma grande coleção de artefatos, fotografias, documentos e outras exposições detalhando a história do apartheid e as lutas pelos direitos civis na África do Sul. Também oferece palestras, exposições temporárias e outras atividades educativas que visam promover a compreensão da história do país e estimular a reflexão crítica sobre questões de discriminação racial e outras formas de opressão.

O museu é também um local de reflexão e homenagem a todos os que lutaram e sofreram durante o apartheid, especialmente os que morreram lutando pela liberdade e igualdade. Os destaques da exposição incluem a prisão de Robben Island, onde Nelson Mandela e outros líderes políticos foram presos por anos, e o Hector Peterson Memorial, que homenageia os estudantes que morreram durante a greve de 1976 em Soweto.

Uma visita ao Museu do Apartheid é uma oportunidade única para aprender mais sobre a história da África do Sul e refletir sobre a importância de combater a opressão e a discriminação. Além disso, o museu contribui para a construção de uma sociedade mais inclusiva e justa ao promover o respeito às diferenças e diversidades humanas. Se você estiver em Johanesburgo, não deixe de colocar o Museu do Apartheid na sua lista de lugares para visitar.

2. Colina da Constituição

Ontem  uma prisão, hoje o  Tribunal Constitucional da África do Sul. Figuras históricas como Nelson Mandela ou Mahatma Gandhi já foram presos na Colina da Constituição.

LEIA TAMBÉM:   Madagascar: Uma jornada inesquecível pelos 10 lugares mais incríveis

Chegando lá você poderá visitar o edifício onde funcionou a prisão e também o atual Tribunal, numa viagem simbólica pela história do país.

3. Sandton

Neste próspero distrito, “o quilômetro quadrado mais caro da África”, você encontrará os melhores hotéis e a vida financeira da cidade. Sandton também é famosa por  abrigar a Praça Nelson Mandela, com uma  famosa estátua em homenagem ao líder sul-africano.

4. Soweto

Durante o Apartheid, no ‘township‘ de Soweto, o mais importante da África do Sul, grande parte da população da cidade vivia segregada, embora hoje ainda seja apenas o lar da população negra. 

Soweto foi o lar de dois ganhadores do Prêmio Nobel. Lá encontramos a Nelson Mandela House, a antiga casa do ex-presidente sul-africano que agora é um museu. Além disso, também viveu lá Desmond Tutu, outro símbolo da luta contra o Apartheid. Para visitar Soweto é altamente recomendável contratar um tour e um guia local.

5. Distrito de Newton

Nosso passeio continua pelo coração criativo de Johanesburgo: o Distrito Cultural de Newton. Este  bairro recentemente remodelado tornou-se moda entre os amantes da cultura. Atraída por seu circuito de teatros, galerias de arte e prédios históricos.

6. Carlton Center: Topo da África

Você gosta de vistas panorâmicas? Com 223 metros, o Carlton Center é o segundo arranha-céu mais alto da África. No último andar, este espetacular edifício de escritórios oferece uma maravilhosa vista panorâmica de 360 ​​graus de Johanesburgo.

7. Estádio Soccer City

Se a sua paixão é o futebol, o Soccer City será um dos seus destinos essenciais. A grande final  de uma Copa do Mundo que todos lembramos foi disputada neste estádio: a África do Sul 2010. Este evento consagraria a Espanha como campeã mundial pela primeira vez em sua história.

LEIA TAMBÉM:   Lago Retba | O impressionante lago rosa do Senegal

8. Reservas naturais

E se você visita Johanesburgo com bastante tempo e espírito aventureiro, por que não se aventurar em um  bom safári? Para isso, neste caso damos  duas opções para você escolher de acordo com suas possibilidades. 

O  Parque Nacional Krüger, a cerca de 7 horas de viagem, é a  excursão mais famosa. Mas, a apenas 2 horas de distância, encontramos uma opção  mais acessível, a  Pilanesberg Fauna Reserve, criada em 1979 com o objetivo de apoiar a recuperação da fauna local. 

Seja qual for a sua escolha, em ambos os lugares você pode ir em busca dos Big Five: o leão, o leopardo, o elefante, o rinoceronte negro e o búfalo marrom.

9. Berço da Humanidade

Se você quer fazer uma excursão, mas não tem muito tempo, recomendamos o Berço da Humanidade. Em um  passeio de um dia,  você poderá visitar suas  cavernas, um dos  sítios fósseis mais famosos do mundo e um Patrimônio Mundial da UNESCO.

10. Parque Temático Gold Reef City

A última, mas não menos importante atração sobre o que visitar em Johanesburgo, temos o Gold Reef City é um parque temático localizado em Johanesburgo, África do Sul. O parque foi projetado no estilo da Era de Ouro da África do Sul e oferece uma variedade de atrações, como montanhas-russas, passeios aquáticos, jogos e outros entretenimentos. Além disso, Gold Reef City possui um complexo de entretenimento com restaurantes, lojas e um cassino.

Uma das principais atrações de Gold Reef City é a mina de ouro a céu aberto, que foi restaurada e transformada em atração turística. Os visitantes podem descer à mina e aprender sobre o processo de mineração de ouro e sua importância na história sul-africana. Outra atração imperdível é o teatro, que recebe apresentações musicais e de dança dedicadas à cultura e tradições africanas.

o que visitar em Joanesburgo - Gold Reef City
Gold Reef City

Gold Reef City é o destino perfeito para toda a família com atrações para todas as idades. Para além da animação, o parque oferece também oportunidades de lazer e entretenimento, com zonas verdes e um lago artificial onde é possível alugar barcos e fazer piqueniques. O parque está aberto todos os dias, com horários e preços diferentes dependendo da época.

LEIA TAMBÉM:   Expedição de barco à Antártica: uma experiência inesquecível

Se você estiver em Johanesburgo, não deixe de visitar Gold Reef City. Além do entretenimento, você aprenderá sobre a história do ouro na África do Sul e será cativado pela beleza da natureza e cultura africanas. O parque é muito acessível, fica a apenas 20 minutos do centro da cidade e oferece estacionamento gratuito. Não perca a oportunidade de se divertir e aprender algo novo!

Share this post

About the author

Compartilho aqui as minhas aventuras e também muitos lugares que gostaria de visitar ao redor do mundo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *