Arequipa – Vulcões e Condores


Anúncio

Publicado: 11 de outubro de 2010

Editar postagem do blog


Quando cheguei a Arequipa, uma cidade branca com três vulcões à vista no meio do deserto, estava sentindo muito a ausência de Conny e Jennie. Foi estranho de repente estar sozinho novamente, depois de 2 semanas fazendo parte de um três. E nos quatro meses anteriores eu estava sempre saindo com alguém que conheci anteriormente. Agora, pela primeira vez, eu estava sozinho, sem conhecer ninguém, e tive que começar do início. Fiquei um pouco triste, mas disse a mim mesmo para aguentar e ir me juntar aos meninos jogando cartas e bebendo cerveja no telhado e funcionou. Eram dois australianos e um britânico português e uma ótima companhia. Brinquei MUITO de merda com eles, bebi muita cerveja e comi muitos kebabs. Eles têm bons kebabs em Arequipa. Acho que era um restaurante turco.

Também reservei uma viagem de dois dias ao Canyon Colca para ver os condores. Eu queria fazer uma caminhada, mas meu joelho doeu tanto na última caminhada que a ideia teve que ser arquivada. EU

conheci algumas pessoas adoráveis ​​nesta viagem também. No primeiro dia, dirigimos em direção ao canyon e vimos inúmeras alpacas (boce bocejo a esta altura) e terraços incas (idem). Depois do almoço fomos dar um passeio com nosso guia e encontramos no caminho um menino vestido com trajes tradicionais que nos cantou uma música para tentar vender seus produtos. Ele estava trabalhando em vez de ir à escola naquele dia. O dia melhorou muito depois disso quando fomos a algumas piscinas termais cercadas por montanhas ao pôr do sol. Você pode beber na piscina! Brilhante. O jantar daquela noite foi um prato tradicional peruano em um restaurante local, acompanhado por um show folclórico. Havia músicos e algumas danças executadas por dançarinos em trajes fantásticos. O bordado foi realmente incrível. Naquela noite fiquei acordado até tarde bebendo vinho com Danny, um guia turístico da Costa Rica, o que provavelmente não foi uma boa ideia, pois tínhamos que acordar bem cedo – no ESCURO – na manhã seguinte. Chegamos ao canyon por volta das 8h e vimos toneladas de condores. Isso foi tudo pelo resto do dia.

No dia seguinte eu me reservei

um ônibus noturno para Lima e me obriguei a visitar o convento de Santa Catalina à tarde. Estou feliz por ter ido porque foi muito lindo. É como uma pequena cidade dentro da cidade.



Anúncio

Total: 0,159s; Tpl: 0,02s; cc: 13; qc: 58; tdb: 0,0444s; 1; m:domysql w:travelblog (10.17.0.13); sld: 1;
; memória: 1,1 MB

Share this post

About the author

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *